zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Economia - 06/02/2015 - 06h20

Leilão do Cead vende 100% dos lotes e arrecada mais de R$ 860 mil




Por Joelma Aparecida Belchior da Silva do Notícias MS/ Redação Pantanal News

Foto: Joelma Belchior

Campo Grande (MS) – Com 100% dos lotes vendidos e arrecadação de mais de R$ 860 mil, o segundo leilão do ano realizado pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), através do Conselho Estadual Antidrogas (Cead) de Mato Grosso do Sul, bateu recorde de valores e foi encerrado na tarde desta quarta-feira (4), em Campo Grande.

        Disputadíssimos, os últimos lances dados nos 114 lotes colocados à venda pela Via Leilões, no remate totalmente virtual, foram acompanhados ao vivo do auditório de um Centro Comercial localizado na Avenida Afonso Pena, pelo secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Sílvio Maluf, o presidente do Cead, promotor Sérgio Harfouche, o presidente da Comissão de Licitação do CEAD, juiz Olivar Coneglian e também pelo juiz Aloízio Pereira dos Santos, que até início de janeiro presidiu a Comissão de Licitações do Cead.

        Empolgado com a arrecadação recorde, Harfouche falou sobre a importância dos leilões para Mato Grosso do Sul. “Esses expressivos recursos provenientes de veículos e sucatas que estavam apodrecendo nos pátios das delegacias mostram o quanto de dinheiro o país desperdiça. São recursos que serão a partir de agora revertidos para o combate ao crime no qual foram apreendidos, que é o tráfico de drogas, já que 80% da arrecadação volta para o Estado, conforme prevê a Lei Nacional Antidrogas”, afirma o presidente do Cead.

        Idealizador dos leilões do Cead, o juiz Aloízio Pereira lembra que Mato Grosso do Sul é pioneiro na iniciativa e exemplo para o restante do país, em soluções para a destinação dos veículos apreendidos. “Sem dúvida é resultado da soma de esforços, que além de resolver o problema dos pátios abarrotados de veículos, incrementa os investimentos na prevenção e repressão ao uso de drogas”, frisa.

        O secretário Sílvio Maluf que acompanhou de perto o leilão parabenizou o presidente do Cead pela iniciativa e disse que são iniciativas como a da diretoria que tornam Mato Grosso do Sul e o País melhores. “A arrecadação recorde é resultado da soma de vontades. Podem ter certeza que esses recursos serão bem aplicados, pois a segurança pública é prioridade neste Governo e para isso precisamos investir em compra de viaturas, armas, munições e políticas de repressão a todos os tipos de crimes, entre eles o tráfico de drogas”, disse.

Disputa acirrada

        O comerciante Amilton Ferreira de Almeida, assíduo comprador dos leilões do CEAD, deu lances no remate até o último minuto, mas diz que desta vez não conseguiu levar nada para casa. “Os concorrentes estavam ouriçados e muito dispostos a comprar, eu já arrematei 8 lotes nos leilões do CEAD, entre sucatas e veículos, mas nesta edição, apesar do remate ter passado da hora, devido ao grande número de lances, não deu para arrematar porque a disputa estava grande”, destacou dizendo que vai deixar para as próximas edições a compra dos três lotes nos quais estava de olho e que acabaram ficando para os concorrentes.

        O novo presidente da Comissão de Licitações do Cead diz que a expectativa é realizar um leilão por mês este ano de 2015 e vender mais de mil lotes. “Estou muito satisfeito com o resultado e vamos dar continuidade ao trabalho iniciado pelo doutor Aloízio, que conseguiu de forma inédita reverter o dinheiro dos bens apreendidos em procedimentos que apuram o tráfico de drogas, em recursos para o Estado”, lembra o juiz Olivar Coneglian.

        Quem também comemora o resultado do remate virtual é Ilto Martins, leiloeiro credenciado que intermediou as vendas. “A maior arrecadação em leilões do Cead foi de pouco mais de 600 mil, a meta agora é superar os 864 mil reais de hoje e nos próximos chegar e quem sabe até ultrapassar 1 milhão de reais”, finalizou.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
20/10/2017 - 09h52
Gás de botijão leva prévia da inflação oficial a 0,34% em outubro, diz IBGE
16/10/2017 - 11h25
Restituição do IR já está disponível para 31,5 mil contribuintes de MS
13/10/2017 - 09h41
Reajustes da Petrobras deixaram gás de cozinha 50% mais caro este ano
10/10/2017 - 10h15
Petrobras eleva preço do botijão de gás em 12,9% a partir desta quarta
02/10/2017 - 14h30
Governo estadual paga salário com reajuste a servidores nesta terça-feira
 
Últimas notícias do site
23/10/2017 - 09h54
Prefeito de Corumbá representa o Brasil em seminário internacional do FONPLATA sobre hidrovia
23/10/2017 - 08h55
Semana em MS começa com 169 vagas em concursos públicos
23/10/2017 - 07h41
PMA e parceiros realizam Educação Ambiental para alunos em escolas ribeirinhas e indígenas
23/10/2017 - 07h40
Em oito dias, Mato Grosso do Sul registra queda de 55 mil raios
23/10/2017 - 07h02
Medidas anunciadas por Temer farão ressurgir o rio Taquari, diz Ruiter
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.