zap
GOV EMPREGO 22-06
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Emprego - 19/12/2014 - 06h37

Geração de empregos formais em MS tem pior novembro dos últimos anos

Em novembro o número de demissões superou as contratações. Os setores que mais demitiram foram: construção civil e agropecuária




Por G1 MS / Redação Pantanal News

Expo Nelore MS está reunindo animais de seis estados do país em Campo Grande  (Foto: Edevaldo Nascimento/TV Morena)Agropecuária teve saldo negativo em novembro.  (Foto: Edevaldo Nascimento/TV Morena)

O número de demissões de empregados com carteira assinada em Mato Grosso do Sul no mês de novembro foi maior em relação a geração de novas vagas de trabalho. Os números, do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) do Ministério Trabalho e Trabalho do Governo Federal, foram divulgados nesta quinta-feira (18).

Em novembro foram contratados 21.746 trabalhadores e, demitidos, 22.948. O saldo ficou negativo em 1.202, uma variação -0,23. Foi o pior novembro dos últimos três anos. Construção Civil (menos 1.919 postos) e Agropecuária (menos 508 postos) foram os setores que mais demitiram. Em contrapartida, o comércio ampliou as admissões e fechou o mês de novembro com 1228 novos postos de trabalho.

Pelo segundo mês consecutivo o estado registra queda na criação de novas vagas de traballho.Em outubro, houve queda de 1.333 mil empregos com carteira assinada,  o que equivale ao encolhimento de 0,26% em relação ao mês de setembro

Apesar do péssimo desempenho de novembro, o saldo em 2014 ainda é positivo em Mato Grosso do Sul. Nos últimos onze meses foram gerados 12.387 novas vagas, um acréscimo de 2,43%.

Entre os 14 maiores municípios do estado, em cinco a variação foi positiva, isto é, número de contratações superou as demissões. Sidrolândia (0,91%) ficou em primeiro seguido de Dourados (0,8%), Nova Andradina (0,49), Campo Grande (0,15%) e Ponta Porã (0,12%). Os municípios que piores desempenhos foram: Três Lagoas, com menos 3,02 e Paranaíba (-1,36).

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
09/06/2017 - 07h38
Ministério Público abre vagas de estágio para alunos de nível médio e superior
19/04/2017 - 16h55
Nota Oficial- Superintendência Regional do Trabalho em Campo Grande
11/04/2017 - 09h41
Tribunal Regional Eleitoral continua com inscrições para 24 vagas de estágio
04/01/2017 - 10h05
Governo abre 12 vagas em processo seletivo com salários de R$ 3,9 mil
14/12/2016 - 08h18
Ministério de Trabalho realiza mutirão de atendimento em 8 cidades de MS
 
Últimas notícias do site
23/06/2017 - 16h02
TVE em Maracaju: governador Reinaldo e prefeito Maurílio Azambuja reativam sinal neste sábado
23/06/2017 - 14h16
Projeto de Moka quer acabar com distorção na disputa por vaga a pessoa com deficiência
23/06/2017 - 14h06
Fim de semana será de clima seco, com noites frias e tardes ensolaradas
23/06/2017 - 12h41
PMA autua pecuarista em degradar nascentes e dois córregos e áreas protegidas de matas ciliares
23/06/2017 - 10h35
Deputado Dr. Paulo Siufi solicita recolhimento de livro infantil que aborda incesto
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.