zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Turismo - 13/12/2014 - 06h02

Fortalecimento turístico da Baía de Guanabara é tema de seminário

Provas de vela e de remo da Olimpíada de 2016 serão realizadas nas águas da Baía, um dos principais cartões postais do Rio de Janeiro




Por Assessoria / Redação Pantanal News

 O ministro do Turismo, Vinicius Lages, participou nesta sexta feira (12) do 1º Seminário sobre a Utilização Turística da Baia de Guanabara. O evento, realizado em Niterói (RJ), teve o objetivo de reforçar o diálogo entre gestores públicos e empresários do setor na definição de propostas para a utilização turística da baía, um dos principais cartões postais do Rio de Janeiro. 


"Transformar os atrativos turísticos, principalmente os que envolvem belezas naturais, é um desafio que contribui para aprimorar os serviços oferecidos ao turista e para estruturar os destinos. É mais um passo no caminho do fortalecimento do novo ciclo de desenvolvimento do turismo," disse o ministro do Turismo.

A Baía de Guanabara é um importante atrativo turístico do Rio de Janeiro.  Abrange ícones do turismo fluminense como o Pão de Açúcar, a Marina da Glória, o Aterro do Flamengo, a Enseada de Botafogo, a Ponte Rio-Niterói e o Museu de Arte Contemporânea.

 

O secretário estadual de Turismo do Rio de Janeiro, Cláudio Magnavita, lembrou que a bacia hidrográfica da baía é composta por 15 municípios da região metropolitana da cidade do Rio de Janeiro, entre eles importantes centros urbanos como Niterói, São Gonçalo, Caxias e Magé. "Estamos atuando conjuntamente com os setores público e privado na definição de políticas públicas que poderão ter efeitos significativos nos próximos anos, inclusive no período de realização da Olimpíada”, disse ele.

Nos Jogos Olímpicos serão realizadas pelo menos duas atividades na Baía de Guanabara: remo e vela. Até 2016, o governo do Rio de Janeiro se comprometeu em reduzir até 80% da carga poluente do local, o que garantirá as condições de utilização no evento. Entre as ações previstas pelo governo estadual para melhorar a qualidade ambiental das águas e do entorno da baía estão o tratamento de lixo, esgotamento sanitário, restauração florestal e recuperação ecológica. Trata-se de um compromisso firmado pela Secretaria do Meio Ambiente do Estado do Rio de Janeiro no planejamento das ações que integram o Plano Guanabara Limpa. 

Durante o seminário, o ministro Vinicius Lages anunciou ainda o empenho de R$ 1 milhão para a primeira etapa da construção do Memorial Marco Zero na ferrovia do município de Magé (RJ).

 

O seminário é uma iniciativa do Ministério do Turismo, Secretaria de Estado de Turismo e TurisRio, e Niterói Empresa de Lazer e Turismo (Neltur). Entre as autoridades presentes, o secretário nacional de Políticas de Turismo do MTur, Vinicius Lummertz, o prefeito em exercício de Niterói, Axel Grael, e o presidente da Neltur, Paulo Freitas.

Niterói
Com a chegada dos Jogos Olímpicos de 2016, Niterói se torna um destino ainda mais promissor.  A cidade abriga, entre outros atrativos, obras do arquiteto Oscar Niemeyer, o maior complexo de fortes do Brasil e sete clubes náuticos. É uma das principais rotas para passeios de barcos da Baía de Guanabara, com orla de aproximadamente 33 quilômetros e 13 praias.

Na Copa do Mundo recebeu 119 mil visitantes. Em 2013, foi a mais visitada por turistas hospedados na cidade do Rio de Janeiro, durante a Copa das Confederações, a Jornada Mundial da Juventude e o Rock in Rio, segundo o observatório de turismo da Universidade Federal Fluminense. 

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
22/07/2017 - 14h34
Bonito é eleito o melhor destino de ecoturismo do Brasil pela 14ª vez
17/07/2017 - 15h30
Bonito vence pela 14ª vez prêmio de melhor destino de ecoturismo
20/05/2017 - 11h35
Eventos e negócios impulsionam turismo em Mato Grosso do Sul
12/01/2017 - 11h16
Feriados vão movimentar R$ 21 bilhões no turismo
18/11/2016 - 08h00
Turismo entrega 22 obras de infraestrutura em Mato Grosso do Sul em 2016
 
Últimas notícias do site
20/10/2017 - 15h38
Asfalto entre Piraputanga e Camisão vai impulsioncar ecoturismo na região
20/10/2017 - 15h06
Alerta prevê tempestades em 43 municípios de Mato Grosso do Sul
20/10/2017 - 14h13
PMA autua proprietária rural por exploração ilegal de madeira
20/10/2017 - 12h30
PMA autua jovem por manter ave silvestre em cativeiro
20/10/2017 - 11h33
Incêndio em parque estadual de MS é controlado após uma semana com ajuda de chuva, diz Imasul
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.