especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Economia - 04/12/2014 - 06h37

Gasolina e diesel terão segundo reajuste de preço em 30 dias em MS

Litro terá aumento médio de R$ 0,05 para gasolina e R$ 0,06 para diesel. Sinpetro explica que reajuste de novembro mudou preço da pauta fiscal.




Por G1 MS com informações da TV Morena / Redação Pantanal News

Preço da gasolina vai aumentar pela segunda vez em menos de um mês em MS (Foto: Reprodução/TV Morena)Gasolina e diesel terão segundo reajuste em menos de um mês em MS (Foto: Reprodução/TV Morena)

O litro da gasolina deve ficar R$ 0,05 mais cara em Mato Grosso do Sul na próxima semana, segundo o Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis, Lubrificantes e Lojas de Conveniência de Mato Grosso do Sul (Sinpetro). Será o segundo aumento em um mês e, desta vez, a explicação está no reajuste tributário na cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadoras e Serviços (ICMS).

A mudança na pauta fiscal dos combustíveis começou a valer na segunda-feira (1º). O último reajuste fez com que o valor pago pelo litro da gasolina ultrapassasse a barreira dos R$ 3. O diesel deve ficar, em média, R$ 0,06 mais caro. Como reflexo do aumento de preços dos dois combustíveis, a venda de gás natural voltou a subir nos últimos dias.

O diretor do Sinpetro, Valmir Faleiro, explica que em virtude do aumento do preço do combustível no mês passado as secretarias de fazendas do Brasil inteiro se reuniram e mudaram o preço da pauta, que é o valor de referência para a cobrança do ICMS.

Por enquanto, os donos de postos de combustíveis estão segurando esse aumento para não assustar o consumidor, mas a partir da próxima semana os preços devem subir também nas bombas. Os estabelecimentos que fizeram um estoque maior de combustíveis conseguirão segurar o reajuste por mais tempo.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
28/11/2017 - 10h54
Projeto ferroviário vai expandir fronteira do agronegócio, diz Reinaldo
28/11/2017 - 10h46
Prefeitura vai ajustar gratificações para assegurar salários dos servidores
27/11/2017 - 15h13
Saques da terceira etapa de pagamentos do PIS/Pasep já estão disponíveis
27/11/2017 - 14h12
Cheques de qualquer valor serão compensados em até um dia útil
27/11/2017 - 09h30
Economia deve movimentar R$ 38 milhões com 13° salário em Corumbá e Ladário
 
Últimas notícias do site
15/12/2017 - 16h34
Acumulada, Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 39 milhões neste sábado
15/12/2017 - 16h02
Veado e tatu são resgatados e devolvidos a natureza
15/12/2017 - 12h35
Comandante e Subcomandante da PMA de Corumbá são homenageados
15/12/2017 - 12h01
PMA autua proprietário rural por armazenamento ilegal de embalagens de agrotóxicos
15/12/2017 - 10h56
Fazendeiro é autuado por armazenamento ilegal de madeira
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.