zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Eventos - 14/11/2014 - 07h17

Peça infantil “Era uma Vez...Branca de Neve” é atração deste domingo no Centro Cultural




Divulgação


Divulgação


Divulgação

Por Assessoria / Redação Pantanal News

 O grupo teatral Cênika, com o apoio da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, apresenta no domingo (16 de novembro), às 18 horas, no Teatro Aracy Balabanian do Centro Cultural José Octávio Guizzo a peça infantil “Era uma Vez...Branca de Neve”. A classificação é livre e a apresentação tem duração aproximada de 55 minutos.

 

Era uma vez... Branca de Neve é a história narrada por uma Fada e um Elfo, que estão cansados desses contos comuns. Eles contam de uma forma diferente e dinâmica esse conhecido clássico, deixando-o muito mais repleto de magia e transmitindo ao público infantil várias mensagens importantes para o desenvolvimento e a formação do caráter, como respeito aos mais velhos, pais e professores, por exemplo.

 

A peça conta a história da malvada e bela Rainha Giselda, que passa seus dias maltratando a pobre e delicada Branca de Neve, até que o surgimento de um príncipe galã desperta o amor na jovem princesa. Giselda fica transtornada com essa situação e tenta de todas as formas conquistar o príncipe conjurando um enorme feitiço, que fará o nobre esquecer a moça e ficar perdido por aí a procura da “bela voz que despertou seu amor”.

 

Enquanto tudo isso acontece, o Espelho Mágico da Verdade, a Fada e o Elfo que narram a história se vêem diante de um impasse. Será que os três irão ajudar a pobre princesa? E as maldades da Rainha Giselda pararão por aí ou tudo isso é só o começo?

 

Um conto divertido que fará crianças e adultos darem boas gargalhadas e pensar na mensagem que é transmitida. Fadas, Elfos, Espelhos Mágicos se misturam em uma enorme confusão para buscar o final feliz junto com a jovem Branca de Neve e seu Príncipe. Mas para isso terão que derrotar a malvada, rica e poderosa Rainha Giselda.

 

“O enfoque da peça é a autoestima, mostrando que o que importa realmente é o que somos, o nosso caráter construído com as experiências vividas. Mesmo dentro da maioria dos contos infantis nós vemos os padrões impostos de beleza, de posição social. O Grupo Cênika tenta passar ao público que não precisamos ser iguais a tudo o que vemos para sermos bons. Precisamos ser corretos, firmes em nossas opiniões para construirmos uma sociedade mais agradável, sem preconceito e que não imponha regras para que cada um possa ser feliz”, explica o autor e diretor da peça, Mario Lopes.

 

Ainda segundo o diretor a peça Era Uma Vez... Branca de Neve faz parte de um projeto de adaptação dos clássicos infantis cuja proposta é quebrar padrões impostos pela sociedade. “É difícil vermos príncipes e princesas negras, sem contar a valorização da cultura do nosso país. Nossa proposta é mudar este contexto”.

 

A peça tem sonoplastia de Lea Estrela e o elenco composto por Mário Lopes  como Rainha Giselda; Analira Scalabrini como Espelho Mágico; Daniele Santana como Fada; Mariane Turaça como Branca de Neve; Elinei Moraes como Príncipe e Leonn Gondin como  Elfo Policial.

 

O Grupo Teatral Cênika fez sua estreia nos palcos em dezembro de 2006 e já realizou os espetáculos “O Vestido de Noiva”, de Nelson Rodrigues (2006), “A Formiguinha e a Neve” (2011), “O Rato” (2011) e “Auto de Nossa Senhora” (2011).

 

Serviço – Os ingressos custam R$ 20,00 (inteira), R$ 10,00 (meia) e crianças até 5 anos não pagam. A meia-entrada é valida para crianças até 12 anos, estudantes, professores, doadores de sangue e idosos (acima de 60 anos), com a apresentação de seu respectivo comprovante.

 

O Centro Cultural José Octávio Guizzo fica na Rua 26 de Agosto, 453, entre a Calógeras e a 14 de Julho. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3317-1795.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
13/06/2016 - 12h11
Quermesse e variedade gastronômica marcam último dia de festa santa
10/06/2016 - 10h30
Feriado prolongado na capital de MS tem arraiais com shows sertanejos
29/01/2016 - 07h17
Da contagem regressiva para Carnaval até "Bee Gees", fim de semana está agitado
08/01/2016 - 06h50
Cidade tem Curimba, choro, 4 esquentas de Carnaval e teatro infantil de graça
31/12/2015 - 06h21
Após cancelar Réveillon, prefeitura da capital de MS fará queima de fogos
 
Últimas notícias do site
17/10/2017 - 10h25
Conab assina oito novos contratos com agricultores familiares em MS
17/10/2017 - 10h24
Compostos extraídos da gravioleira têm potencial ação inseticida e antitumoral
17/10/2017 - 09h02
PMA prende homem que matou cachorro de vizinho com espingarda
17/10/2017 - 08h20
Cinco propostas devem ser analisadas na Ordem do Dia desta terça-feira
17/10/2017 - 07h52
Campeões brasileiros de Canoagem Descida são definidos no Mato Grosso do Sul
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.